Com base da Copa do Brasil, Rueda vai ter time próximo do ideal contra a Chape

Diego Alves, Rodinei, Réver, Juan, Pará; Cuéllar, Arão, Diego; Berrío, Everton e Guerrero. Se não tiver nenhum caso de desgaste em exames realizados rotineiramente pelo departamento médico, essa é a base do Flamengo na Copa do Brasil que vai a campo contra a Chapecoense, nesta quarta, às 19h15, na Arena Condá, pelo jogo de ida das oitavas de final da Sul-Americana.

Na prática, apenas uma alteração em relação ao time que chegou à final contra o Cruzeiro – com o goleiro contratado e recém-inscrito na Sul-Americana. Diego entrou na lista da competição na vaga de César, após o Flamengo se classificar para as oitavas de final da competição.

Será a primeira prova dos 11 ideias de Rueda, depois de restrições na escalação no Brasileiro – para privilegiar as semifinais da Copa do Brasil -, na Primeira Liga – quando levou equipe com jogadores até dos juniores – e também na Copa do Brasil – pois não pode contar com Diego Alves, Rhodolfo, Geuvânio e Éverton Ribeiro.

Para a partida em Chapecó, o Flamengo deu o tom da importância que confere à competição, com planejamento idêntico da Libertadores. Além de viajar dois dias antes da partida, o clube ainda fretou avião para a viagem de ida e volta – o retorno para o Rio de Janeiro está previsto para 23h30, apenas duas horas depois do jogo na Arena Condá.

Desde que assumiu o Flamengo, Rueda não repetiu escalação sequer em uma partida – curiosamente, dos jogadores de linha apenas o argentino Mancuello não teve chance. O único jogo em que se aproximou da escalação chamada de força máxima foi contra o Atlético-PR, na Ilha do Urubu – vitória por 2 a 0, gols de Diego e Willian Arão, no dia 27 de agosto.

Naquela ocasião, poupou apenas Réver, com desgaste. E não tinha também Renê, lesionado. O time foi a campo contra o Furacão com Diego Alves, Rodinei, Rhodolfo, Juan, Pará; Cuéllar, Arão, Diego; Berrío, Everton e Guerrero.

O Flamengo treina nesta noite, na véspera da partida, às 19h, na Arena Condá. O técnico Rueda só vai liberar 15 minutos de imagens da atividade. O título da Copa Sul-Americana pode render R$ 12 milhões ao time. No ano passado, o Flamengo foi eliminado da competição para o Palestino, nas oitavas de final.

A classificação para as quartas de final significaria avançar numa fase que não chega desde 2010 em competições internacionais – naquele ano, Adriano e Vagner Love no ataque, o time passou pelo Corinthians nas oitavas e caiu para a Universidad de Chile.

Confira a lista de relacionados para a partida contra a Chapecoense:

Goleiros: Diego Alves, Thiago e Alex Muralha

Laterais: Rodinei, Pará, Trauco.

Zagueiros: Réver, Rhodolfo, Juan, Rafael Vaz.

Meias: Cuéllar, Willian Arão, Márcio Araújo, Diego, Gabriel, Éverton Ribeiro, Paquetá.

Atacantes: Guerrero, Berrío, Everton e Vinicius Júnior.

Fonte: globoesporte.globo.com

Acesse Aqui Mais Noticias do Mais Querido do Brasil.

Avaliar Postagem

Deixe uma resposta