Flamengo minimizam bom desempenho contra a Chape em 2017

Após o empate por 1 a 1 no clássico contra o Fluminense, o Flamengo já projeta o confronto com a Chapecoense neste domingo, às 17 horas (de Brasília), na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Se depender do retrospecto, o Rubro-Negro, que está de olho em uma das vagas na próxima Libertadores, pode comemorar.

No primeiro turno, as duas equipes se enfrentaram no Rio de Janeiro, e o Flamengo goleou por 5 a 1. Naquela ocasião, Guerrero brilhou com três gols, com Diego balançando as redes rivais por duas vezes. Víctor Ramos descontou para os catarinenses.

Os times também se enfrentaram pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Após empate sem gols na partida de ida, em Santa Catarina, o Flamengo atropelou o rival na Arena da Ilha goleando por 4 a 0. Cuéllar, Willian Arão, Juan e Lucas Paquetá fizeram os gols. O bom retrospecto, porém, não anima aos flamenguistas.

“O que aconteceu nos jogos passados não chega a nos empolgar, pois sabemos que a Chapecoense está bem melhor e que pode jogar de maneira eficiente. Vamos precisar ter um desempenho ainda melhor se quisermos o resultado positivo”, disse o zagueiro Juan.

O goleiro Diego Alves pensa de maneira parecida. “Um jogo não tem nada a ver com o outro. Cada partida tem seu momento e outras coisas estão envolvidas. O time deles é bom e vai jogar em casa. Precisamos jogar muito se quisermos os três pontos”, afirmou o arqueiro.

Em termos de escalação, o Flamengo ainda não está definido. O time terá o retorno dos jogadores que foram poupados contra o Fluminense por estarem voltando de suas seleções após compromissos pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018.

São os casos do lateral esquerdo Miguel Trauco e do atacante Paolo Guerrero, que estavam com o Peru, e do volante colombiano Gustavo Cuéllar. Neste sábado, a delegação flamenguista viaja para o interior catarinense.

Fonte: gazetaesportiva.com
Acesse Aqui  
Deixe Sua Opinião - Comente Abaixo :