Grupo sente baque, e Muralha se mantém frio após erros; César perto de vaga na Sula

Após as novas falhas de Alex Muralha na derrota por 2 a 1 para o Santos, Reinaldo Rueda já havia deixado em aberto a permanência do goleiro no time titular.

Depois de avaliações e conversas na reapresentação do elenco nesta segunda-feira, César está na frente para o treinador e, no cenário atual, voltará a atuar pelo Flamengo após dois anos, no jogo decisivo desta quinta, diante do Junior de Barranquilla, pela Sul-Americana.

Promessa do gol rubro-negro após grande participação na conquista da Copinha 2011, César, de 25 anos, estreou profissionalmente no último jogo oficial do Flamengo de 2013 e tem 25 jogos como profissional. Estava no Ferroviária até o início da temporada e não joga uma partida oficial pelo Fla há dois anos.

Grupo sente ”baque”; Muralha se mantém frio
Após a derrota na Ilha, Muralha foi o último dos jogadores a deixar o estádio, abatido. O restante do grupo, nitidamente, se abalou com a forma como o revés diante do Santos se desenhou – novamente com falhas do goleiro. O rubro-negro perdeu dando 25 chutes a gol contra apenas três do time paulista.
No vestiário depois do jogo, o elenco pareceu um tanto atônito com a situação e preferiu deixar o Muralha recluso. Não houve manifestações intensas, nem de apoio e nem de cobrança diante do cenário. Nesta segunda-feira, o clima se manteve o mesmo.
Thiago treina com o grupo
Titular no primeiro jogo da final da Copa do Brasil, Thiago voltou a treinar com bola somente na última sexta-feira. Ele se recuperou de uma fratura no punho esquerdo. Nesta segunda-feira, treinou normalmente com o grupo e sem restrições.Existe a possibilidade de viajar com o grupo para a Colômbia.
Por precaução, é comum que se leve três goleiros em viagens como essa e um deles acaba cortado do jogo. Não é descartada a possibilidade de Thiago ser a opção de Rueda no banco de reservas.

Fonte: globoesporte.com.br

Deixe Sua Opinião - Comente Abaixo :