Rueda não confirma Réver e cita Vinicius e Mancu ao abordar baixa de Everton

Na véspera da semifinal com o Junior Barranquilla, marcada para esta quinta, às 21h45, no Maracanã, Reinaldo Rueda fez elogios a Réver, relacionado para o duelo após quase um mês tratando lesão.

Apesar de valorizar a experiência que uma zaga formada pelo capitão e Juan entregam, não confirmou o retorno do camisa 15. O técnico ressaltou que Rhodolfo e Rafael Vaz estão com mais ritmo de jogo.

– Réver está trabalhando bem. Não tem nenhum problema. Se vou escalar (ele e Juan) é uma situação que vou decidir nas próximas horas. Tem que considerar também que Rhodolfo e Rafa vem com ritmo também. Mas importante é a experiência do Réver e do Juan para segurança da zona defensiva.

O treinador também explicou por que preferiu não levar Everton para o jogo. O atleta se recupera de problema apresentado na coxa esquerda durante derrota para o Coritiba, na quarta-feira passada. Na Copa Sul-Americana, apenas sete jogadores ficam no banco de reservas.




– Everton está em transição. Ainda tem pequena dor, ainda um pouco de insegurança. Vamos a reservar e poupar para que talvez esteja no próximo jogo.

Sobre o possível substituto de Everton, Rueda ciitou Vinicius Júnior ou Mancuello – que voltou a jogar no último domingo após longo período fora de atividade. Outra opção seria a utilização de Lucas Paquetá.

– No jogo anterior esteve Mancuello, que teve bom comportamento, Vinicius também volta da suspensão que teve. São homens desta posição e podem jogar sem problemas e exercer a função.

Confira outros tópicos:

Rueda faz coro a Diego e pede Maracanã lotado
Para nós é muito importante o apoio da torcida. Precisamos desse apoio. O time está em um momento muito importante em torneio internacional. O apoio da torcida para que o time sinta esse calor e essa paixão. Acredito que amanhã e hoje vai ter maior venda de ingressos. Esperamos ver um estádio lotado, que se faz sentir o fator casa. Ajuda o jogador.

Vencer a Sul-Americana é vital
Sem dúvida é vital pelas aspirações que se tem e pela meta que significa um torneio internacional. Pelo insucesso na Libertadores e irregularidade no Brasileiro. Está vivo esse sonho, são jogos difíceis. Um bom resultado mudaria todo o ambiente e a confiança para terminar o Brasileirão.

Análise sobre o Junior Barranquilla
Um time que tem um técnico com muita experiência, sempre tem sido protagonista no Campeonato Colombiano e na Copa da Colômbia. Rival muito difícil, jogo muito equilibrado. As duas equipes têm nomes muito importante e creio que será intenso.

É um time muito protagonista do futebol colombiano. Ja tivemos a sorte de ter confrontos intensos (na época do Atlético Nacional). Foram jogos muito equilibrados.

Vantagem por conhecer o adversário?
Creio que no futebol mundial hoje não tem segredo nem mistério. Todos nos conhecemos. Mas há algumas situações pontuais que conhecemos mais. Mas creio que quando estão 11 contra 11, a inteligência de jogo é a tomada de decisões e aproveitar a oportunidade.




Importância da vitória sobre o Corinthians
Uma vitória que refrescou a situação. Mas como disse para o grupo, segue a tensão, segue a situação difícil por tudo que representa o Brasileirão e nossas metas na Sul-Americana. Positivo foi o comportamento e atitude do grupo. Isso é importante para tirar um resultado bom diante de um grande rival.

Ciente de que o Corinthians não entrou em campo com grande motivação
Sabemos que Corinthians tinha a tranquilidade por ter sido campeão, sem tensão e sem alguns de seus titulares. Sabíamos que tínhamos o caso de Réver, Juan, Paolo, Berrío. E o Flamengo teve um bom comportamento, gols que deram tranquilidade e refrescaram a tensão e o ambiente.

Fonte:globoesporte.com

Deixe Sua Opinião - Comente Abaixo :