Jornal revela data que Guerrero poderá voltar aos treinamentos no Flamengo

O calvário vivido por Paolo Guerrero desde sua suspensão pelo Comitê Disciplinar da FIFA em dezembro de 2017, após exame testar positivo para o metabólito de cocaína, a benzoilecgonina, uma substância inclusa na Lista de Proibições de 2017 da WADA sob a classe ‘S6 – Estimulantes’, pode estar mais próximo de ser amenizado. Segundo revela neste sábado o jornal peruano Líbero, o atacante pode retornar aos treinos no Flamengo na próxima semana. O diário se baseia em um entendimento de Francesco Balbi, representante jurídico do jogador.

De acordo com Balbi, apesar de a punição imposta pela FIFA se encerrar apenas em meados de maio, o atacante pode retornar aos treinamentos dois meses antes deste prazo, algo que se aplica ao Flamengo e também à seleção peruana. Com isso, Paolo Guerrero poderia treinar no Ninho do Urubu a partir da próxima segunda-feira (05).

Mesmo com a punição até maio, os advogados do atacante correm contra o tempo, e trabalham com a possiblidade de liberação imediata do atacante após redução da pena pelo Tribunal de Apelação da FIFA.

346889

O calvário vivido por Paolo Guerrero desde sua suspensão pelo Comitê Disciplinar da FIFA em dezembro de 2017, após exame testar positivo para o metabólito de cocaína, a benzoilecgonina, uma substância inclusa na Lista de Proibições de 2017 da WADA sob a classe ‘S6 – Estimulantes’, pode estar mais próximo de ser amenizado. Segundo revela neste sábado o jornal peruano Líbero, o atacante pode retornar aos treinos no Flamengo na próxima semana. O diário se baseia em um entendimento de Francesco Balbi, representante jurídico do jogador.

De acordo com Balbi, apesar de a punição imposta pela FIFA se encerrar apenas em meados de maio, o atacante pode retornar aos treinamentos dois meses antes deste prazo, algo que se aplica ao Flamengo e também à seleção peruana. Com isso, Paolo Guerrero poderia treinar no Ninho do Urubu a partir da próxima segunda-feira (05).

Mesmo com a punição até maio, os advogados do atacante correm contra o tempo, e trabalham com a possiblidade de liberação imediata do atacante após redução da pena pelo Tribunal de Apelação da FIFA.

“Isso me deixa desconfortável, tira o meu sono, mas tento manter-me forte e não cair. Às vezes eu caio, mas tenho meus pais que sempre falam comigo, me lideram. A data da audiência está sendo atrasada e espero tentar novamente minha inocência”, disse Guerrero em entrevista à ESPN Peru.

Fonte: foxsports.com.br

Deixe Sua Opinião - Comente Abaixo :